São diversos os motivos que nos podem levar a encarar o desafio de aprender uma nova língua. No caso do Espanhol, gostaria de apontar alguns dos argumentos que revelam o porquê esta língua é uma das mais estudada no mundo e dominá-la é de fundamental importância no contexto atual.

O espanhol está presente nos cinco continentes, sendo língua oficial na Espanha e em 19 países latino-americanos. Ademais, há comunidades hispanofalantes em regiões dos Estados Unidos, da Guiné Equatorial, das Filipinas e de Israel.

O espanhol é a segunda língua materna do mundo com mais de 472 milhões de falantes, ficando atrás apenas do mandarim*.

O espanhol é língua de comunicação internacional nas relações diplomáticas e no contexto das organizações multinacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU), a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), a Organização Mundial da Saúde (OMS), entre outras.

O espanhol é idioma requisitado no âmbito econômico e financeiro, passou a ser uma necessidade das empresas que buscam ampliar seus mercados e dos profissionais que se desempenham nessa área.

O espanhol tem uma presença marcante na Internet e nas redes sociais, sendo a terceira língua mais utilizada na rede e a segunda, no Facebook e Twitter.

O espanhol é a chave para aceder ao rico patrimônio cultural, artístico, literário, cinematográfico, musical etc. da Espanha e América Latina.

No Brasil, com a conformação do Mercado das Nações do Cone Sul (MERCOSUL), dominar a língua espanhola passou a ser uma necessidade para promover a integração com os países membros do bloco, facilitar os intercâmbios comerciais, a circulação de pessoas e conhecimentos.

O espanhol é a segunda língua do país, existem estimações de que em uma década, 30 milhões de brasileiros falarão espanhol como segunda língua.

* El Español: una lengua viva. Informe 2016. Instituto Cervantes. Disponível em: < http://www.cervantes.es/imagenes/File/prensa/EspanolLenguaViva16.pdf>.